A partir da próxima semana o GRAV – Grupo de Estudos Audiovisuais exibe 4 filmes do importante diretor soviético Sergei Paradjanov. As sessões acontecem nas segundas-feiras (19h) e aos sábados (15h) e vão do dia 25 de abril ao dia 9 de maio, na sala 19 do Cemuni I, na Ufes – Goiabeiras. A entrada é aberta.

 Sergei Paradjanov foi aclamado como um dos maiores cineastas soviéticos que surgiram após a época de ouro de Sergei Eisenstein e Alexander Dovzhenko e é considerado, hoje, um dos nomes mais criativos e originais da história do cinema mundial. Nasceu no dia 9 de Janeiro de 1924, em Tbilisi, Georgia. Estudou na VGIK de Moscou, a mais antiga e uma das mais prestigiadas escolas de cinemas do mundo, onde teve como professores Igor Savchenko e Alexander Dovzhenko.

Na próxima segunda-feira com reprise no sábado, o Grav inicia as sessões de Paradjanov com a primeira grande obra-prima dele que foi Os Cavalos de Fogo (1964), cujo impacto foi comparado ao clássico Encouraçado Pomtekim (1925), de Eisenstein. Após o sucesso de Os Cavalos de Fogo, Paradjanov ganhou o reconhecimento da crítica internacional e tornou-se alvo privilegiado do regime opressivo da União Soviética.

Formalista e regionalista, Paradjanov, promovia o relativismo cultural e a diversidade étnica e religiosa. Lutava contra o Realismo Socialista dos moldes do regime soviético para o cinema, sendo considerado uma ameaça. Entre 1965 e 1973, seus projetos cinematográficos ou eram confiscados – durante a produção – ou banidos. Até quem em 1973 foi preso e ficou cinco em um campo de trabalhos forçados.

Cineastas como Jean-Luc Godard, François Truffaut, Luis Buñuel, Federico Fellini, Michelangelo Antonioni, Andrei Tarkovsky se uniram contra o regime soviético e conseguiram a libertação de Sergei. Em Dezembro  Paradjanov regressou à sua casa, em Tbilisi, retomando uma intensa atividade artística que só seria interrompida, até à sua morte em 1990, por uma nova passagem pela prisão em 1982.

Programação (atualizada):

Os Cavalos de Fogo (Tini Zabutykh Predkiv, 97min, 1964)
Num pequeno vilarejo, Ivan se apaixona por Marichka, filha do assassino de seu pai. Contudo, ele a perde de forma trágica. Meses depois, ele se casa com Palagna, mas não consegue esquecer seu antigo amor. Palagna decide pedir ajuda a um feiticeiro para salvar seu casamento.
25/4 às 19h, 30/4 às 15h

A Cor da Romã (Sayat Nova, 73min, 1968)
Relato místico e histórico sobre a vida, o trabalho e o mundo interior do poeta e trovador armênio do século XVIII, Aru- thin Sayadin, popularmente conhecido como Sayat Nova (“o Rei da Canção”). O filme evoca a infância do poeta e a sua juventude, os seus dias de trovador na corte do rei Heraclius II da Geórgia e os seus últimos dias passados num mosteiro.
7/5 às 15h, 9/5 às 19h

A Lenda da Fortaleza Suram (Ambavi Suramis Tsikhitsa, 82min, 1984)
Adaptação de um conto do folclore russo. Após várias tentativas fracassadas de construir uma fortaleza para se defenderem de invasores, um grupo acredita que deve enterrar um menino entre as paredes para que elas parem de cair.
14/5 às 15h, 16/5 às 19h

O Trovador Kerib (Ashugi Qaribi, 73 min, 1988)
Inspirado nas lendas populares do Oriente, conta a trajetória de Achik-Kerib, rapaz pobre, generoso e de uma bela voz, que embala festas de casamento. Ele se apaixona pela filha de um rico comerciante turco e, como o casamento não é consentido, empreende viagem em busca de riquezas.
14/5 às 15h, 16/5 às 19h

Todas as sessões ocorrem na Sala 19 do Cemuni 1, Centro de Artes, Ufes.

Anúncios

Uma resposta »

  1. Filippe Saraiva disse:

    Alguém me adicione na lista, por favor? (:

    filippesaraiva@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s