Nessa sexta, 09 de outubro, exibimos o segundo programa da curadoria de Ivana Bentes, que escolheu como tema “A vida das imagens”.

O programa Histórias/ficções apresenta os filmes Happy End, do austríaco Peter Tscherkassky, e Double Take, de Johan Grimonprez. As obras manipulam imagens (que vão desde materiais de arquivo ligados aos acontecimentos da Guerra Fria até cenas da publicidade e do noticiário contemporâneos) para construir ficções criveis ou um registro delirante do cotidiano.

É na sexta, dia 09, às 21h no Cine Metrópolis – UFES. A entrada é franca!

Happy End
Peter Tscherkassky, Áustria, 1996, 11 min
Found footage (obra realizada com imagens que não foram captadas pelo cineasta) que reúne registros de rituais cotidianos de um casal – com os quais Tscherkassky transforma a banalidade do dia a dia em cenas carregadas de mistério.

Double Take
Johan Grimonprez, Alemanha/Bélgica, 2009, 80 min
“Se você encontrar o seu duplo, deve matá-lo!”, diz Alfred Hitchcock. Esse é o ponto de partida do filme, que apresenta o famoso cineasta como um paranoico professor de história. Combinando imagens retiradas do noticiário voltado à Guerra Fria e dos programas de televisão apresentados por Hitchcock nos anos 1960 – bem como de alguns de seus longas-metragens, como Intriga Internacional (1959), Psicose (1960), Os Pássaros (1963) e Topázio (1969) –, Grimonprez cria uma narrativa que atravessa todos os gêneros.

Anúncios

Uma resposta »

  1. Chirlene de Fatima Alves disse:

    Seus filmes sao muito bom, me mande e-mail.
    obrigado.
    Chirlene.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s